Descubra por que o centro é o melhor lugar onde ficar em Belém

Descubra por que o centro é o melhor lugar onde ficar em Belém

20 de junho de 2018 BELÉM 0
o centro e o melhor lugar onde ficar em belem

 

 

Quem decide passar um tempo na capital do Pará pode ter algumas dúvidas quanto a onde ficar em Belém, onde se hospedar, como é melhor se movimentar, como é a melhor forma de chegar – especialmente se você vem de muito longe.

A gente já “dividiu” a cidade de acordo com as características da sua viagem, já mostrou pra você as melhores formas de se hospedar em Belém. Agora, a gente vai mostrar pra você por que, entre os lugares pra escolher na Cidade das Mangueiras, o Centro da cidade ganha disparado das outras localidades.

 

Acesso rápido a pontos turísticos

A maioria dos pontos turísticos famosos em Belém estão no Centro. Não importa e a sua viagem é rápida – 2 ou 3 dias – ou se você vai ficar mais de uma semana, pontos turísticos famosos são aqueles lugares que você não quer perder e ter um lugar onde ficar em Belém perto deles é uma mão na roda.

 

Ver o peso 

A maior feira a céu aberto da América Latina tem muito do Pará: ervas, peixes, frutas, cerâmica marajoara. Tem muito pra você aproveitar por aqui e pra levar como souvenir também.

Estação das Docas

Ao lado do Ver o Peso, um complexo de restaurantes, um ambiente para exibição de filmes, peças teatrais e outros. A Estação das Docas é ideal para aquele finzinho de tarde.

Theatro da Paz

Numa bem central, o Theatro está cercado pela Praça da República. É um ponto turístico estilo “tem que ir”, tanto pela sua beleza quanto por sua

Forte do Presépio

O forte que foi a entrada da cidade. Se você quer um lugar onde ficar em Belém próximo a pontos turísticos históricos tem mesmo que ser o centro da cidade. O Forte está na Cidade Velha, principal bairro histórico de Belém.

Mangal das Garças

O Mangal é um grande complexo natural de Belém- super próximo do centro -, onde você encontra um borboletário com milhares de espécies, garças (claro) e outros pássaros da região. Além de tudo isso, uma amostra considerável da flora amazônica e um restaurante renomado, o Mangal das Garças estão no Complexo.

Basílica de Nazaré

Uma das principais igrejas da cidade. É para lá que  vai a imagem de Nossa Senhora de Nazaré no Círio. Imensa, cheia de ornamentos e detalhes, a Basílica é um dos pontos turísticos que estão ali no meio: entre a religião e a arquitetura.

 

Aos amantes da fotografia: Cartões Postais

Pra quem é amante de lindos horizontes e belos cartões postais, ficar no centro da cidade é uma boa pedida.

Por do sol na Estação das Docas:

Um dos lugares ideais pra captar um belo por do sol é na Estação das Docas. Aproveite para, depois dar uma paradinha e degustar um chopp de Bacuri – a gente já falou sobre esse rolé aqui.

Igrejas da Cidade Velha:

A suntuosidade do estilo barroco – presente em grande parte da cidade – nas igrejas de Belém é, realmente, impressionante. Você vai estar bem próximo (a) da Igreja da Sé, da Basílica, da Igreja do Carmo, entre outras.

O Centro é centro de atrações culturais

Curro velho:

A Fundação Curro Velho, além de um espaço super agradável – com biblioteca – tem exibição de filmes, cursos com temas regionais (caso você for ficar um tempo a mais). Para quem quer saber mais da cultura do Pará é uma boa pedida

Centur: 

Na mesma linha do Curro Velho, o Centur é uma atração à parte para quem busca cultura: tem cinema, biblioteca, espaço para eventos como feiras e arraiais.

Olympia: 

O Cine Olympia é o cinema de rua em funcionamento mais antigo do Brasil. Há algum tempo atrás quase foi vendido, mas por movimentos sociais de vários setores, acabou continuando o que é: um grande cinema. Hoje em dia exibe amostras de filmes de todas as nacionalidades e tem entrada gratuita.

| Arraial do Pavulagem

Durante o período de julho – férias e muito sol – e também durante o Círio, um movimento muito interessante acontece no centro de Belém. A banda Arraial do Pavulagem arrasta uma multidão desde a escadinha – perto da Estação das Docas – até a Praça da República, onde para e faz seu show. Muito alegre e colorida vale a pena fazer parte.

Fique perto da arquitetura histórica

O centro está ao lado da Cidade Velha, o bairro histórico da cidade. Igrejas e praças podem ser contemplados no bairro. Ao andar pela Cidade Velha – com cuidado, já que alguns pontos podem ser perigosos, principalmente à noite – você vai ver a arquitetura de Antônio Landi, o rio Guamá e muita história.

A Cidade Velha tem um porto de onde saem embarcações para alguns locais no interior do Pará e vale a pena dar uma olhada nas saídas. Suas ruas charmosas pequeninas e também são uma atração à parte.

Ficar no centro é facilidade de locomoção

Comércio:

No centro de Belém existe o comércio da cidade. Ou seja, além de ter o Ver o Peso, que é uma feira, você tem pertinho o comércio, caso precise de outros produtos não tão regionais e que podem fazer falta na sua bagagem, caso você tenha esquecido algum item importante.

Principais linhas de ônibus: 

Se você tem um lugar onde ficar em Belém no centro ou próximo do centro, fique tranquilo(a), estará bem servido(a) de transportes coletivos – caso você não queira se locomover de Uber ou Taxi.

Na Av. Presidente Vargas – uma das principais do centro e que liga o início do Ver o Peso ao comércio e bairros mais nobres como Batista Campos e Nazaré – as principais linhas de ônibus circulam. A maioria vai até São Brás, onde está localizada a rodoviária da cidade.

Acesso rápido a rodoviária, aeroporto e cais:

Como dissemos, a rodoviária tem rápido acesso pela quantidade de ônibus. Mas, se  seu lance for aeroporto, uma viagem do centro a Val de Cães – bairro onde está localizado -, de Uber, não custa mais d que R$25 (claro, que há uma variação).

Um lugar onde ficar em Belém, bem no Centro da cidade

O Belém Hostel é localizado estrategicamente no centro da cidade. Melhor ainda: ele é localizado no centro do Centro. Isso por que, além de ser próximo ao lado de uma praça verde muito famosa – a Praça a República – e do cinema mais antigo do país, por exemplo, está a pouquíssimos quilômetros da Visconde de Souza Franco com a Pedro Álvares Cabral – via direta para o aeroporto.

O seu hostel em Belém também é o melhor lugar onde ficar em Belém, porque está quase na esquina da Av. Presidente Vargas, ao lado do comércio da cidade, a 7 minutos do Ver o Peso, da Estação das Docas e a 10 minutos do principal porto da cidade.

Quando é Círio, a procissão passa pertinho  e as festas do período – como o Auto do Círio e as Festa da Chiquita – acontecem todas muito próximas do Belém Hostel.

Escolha sua hospedagem em Belém. Reservar um quarto aqui no Belém Hostel é bem fácil. Se precisar de alguma informação a mais, pergunte pra nossa recepção.

 

Deixe uma resposta